quinta-feira, 23 de maio de 2013

UMA FLOR AMARELA

Ela é tão bela, a florzinha amarela
É pequena, é serena, é amena
Ela é bela, amarela, é singela
Olha-la vale sempre a pena

A florzinha qu’ aqui habita é bonita
É quente, é inocente, é diferente
É uma flor tão bonita, tão catita
Para quem a olha atentamente

A flor nesta paragem é selvagem
É bela, assim como uma donzela
Que passa e n’aragem fica a imagem
A cor mais doce qu’o mundo cinzela

A florzinha amarela é aquela
Que guardo com devoção no coração
Porque é de todas a flor mais bela
Vê-la molha-me os olhos de emoção… (Claudia - http://pessoasepoetas.blogs.sapo.pt/22257.html)












Nenhum comentário:

Postar um comentário